Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

Redes Sociais

https://www.facebook.com/danielle.manhaes --- Instagram: @danielle.manhaes @danielle.manhaes_psi

21.11.20

Todos somos filhos de Deus, Só não falamos as mesmas línguas.



 O mundo é azul lá de cima

O mundo é vermelho na China
O mundo tá muito gripado
Açucar é doce, o sal é salgado

O mundo - caquinho de vidro -
tá cego do olho, tá surdo do ouvido
O mundo tá muito doente
O homem que mata, o homem que mente

Por que voce me trata mal
se eu te trato bem?
Por que você me faz o mal
se eu só te faço bem?

20.11.20

Não parece haver mais motivo Ou coragem pra botar a cara pra bater,,,


 Não espere, levante!

Sempre vale a pena bradar.


Há quem diga que isso é velho
Tanta gente sem fé num novo ar
Mas existe o bom combate
É não desistir sem tentar...


[Pitty]

18.11.20

Resiliência

 

substantivo feminino.
 

Propriedade dos corpos que voltam à sua forma original, depois de terem sofrido deformação ou choque. 
[Figurado] Capacidade de quem se adapta às intempéries, às alterações ou aos infortúnios. 
[Figurado] Tendência natural para se recuperar ou superar com facilidade os problemas que aparecem. [Física] Característica mecânica que define a resistência dos choques de materiais. 

Etimologia (origem da palavra resiliência). 

Do latim resilientia; pelo inglês resilience.

13.11.20

Só Por Uma Noite


 Eu já me sinto bem 

Só de ouvir a sua voz.

A Reinvenção do Cotidiano em Tempos de Pandemia




Bem-vindo(a) ao meu novo lar doce lar:
home office.

Moro desde março dentro do meu notebook.

Até que é gostosinho!



 

Ainda Vejo o Mundo com os Olhos de Criança


 Eu descobri que é azul a cor da parede da casa de Deus.

O Mal do Século é:


 As pessoas não saberem o mínimo de interpretação de texto...


Os homens podem falar... Mas os anjos podem voar!


 Buscando um novo rumo

Que faça sentido
Nesse mundo louco
Com o coração partido, eu
Tomo cuidado
Pra que os desequilibrados
Não abalem minha fé
Pra eu enfrentar com otimismo essa loucura.

Cuide de quem corre do seu lado
E quem te quer bem.

Pontes Indestrutíveis.
Essa é a coisa mais pura!

12.11.20

O que significa o Novo Normal?

Definição Conotativa: imagem.

Definição denotativa: 

 "O novo normal pode ser entendido como a nova forma de viver, que irá garantir a segurança e a sobrevivência da população. Portanto, o termo refere-se, principalmente, às ações cotidianas e à nova maneira de se relacionar, considerando as mudanças enfrentadas durante a pandemia."08/09/2020

Em tempos de Pandemia

 É preciso aprender a sorrir...

com os olhos.

Vida Maria

 


10.11.20

A arte é a autoexpressão lutando para ser absoluta




 Ver muito lucidamente prejudica o sentir demasiado. E os gregos viam muito lucidamente. Por isso pouco sentiam. Daí a sua perfeita execução da obra de arte.

[Fernando Pessoa]

6.11.20

Sonhos repetidos


 Há um mistério no meu sonho que eu ainda estou tentando desvendar. Sonhar com a mesma menina desde os 22 anos de idade não é por acaso. Tem um significado, eu sinto. 

Hoje sonhei e anotei o máximo que eu pude no caderninho que eu sempre deixo ao lado da cama, antes que o meu superego castrador tentasse tirar de mim as lembranças que só me fazem bem.

Foi lindo! Eu sempre sinto muito amor quando acordo. É o terceiro sonho deste ano de 2020.

Sinto-me feliz!


Danielle.

31.10.20

Com quem você quer falar por horas e horas e horas...


Baby, tanto a aprender... Meu colo alimenta você e a mim.




Mesmo quando eu não mais estiver
Lembre que me ouviu dizer
O quanto me importei
E o que eu senti...

O que foi escondido. O que foi prometido.


 Não tenho medo do escuro

Mas deixe as luzes
Acesas agora.

Uns Mais Iguais Que os Outros


Há tantos quadros na parede
Há tantas formas de se ver o mesmo quadro
Há tanta gente pelas ruas
Há tantas ruas e nenhuma é igual a outra
Ninguém é igual a ninguém
Me espanta que tanta gente sinta
(Se é que sente) a mesma indiferença.

Há tantos quadros na parede
Há tantas formas de se ver o mesmo quadro
Há palavras que nunca são ditas
Há muitas vozes repetindo a mesma frase
Ninguém é igual a ninguém
Me espanta que tanta gente minta
(Descaradamente) a mesma mentira.

Há pouca água e muita sede
Uma represa, um apartheid
(A vida seca, os olhos úmidos)

Me assusta que justamente agora
Todo mundo (tanta gente) tenha ido embora.


[Humberto Gessinger]


Estatísticas Subjetivas


 

Em cada cem pessoas:


sabendo de tudo mais do que os outros:
- cinquenta e duas,

inseguras de cada passo:
- quase todas as outras,

prontas a ajudar
desde que isso não lhes tome muito tempo:
- quarenta e nove, o que já não é mau,

sempre boas porque incapazes de ser de outro modo:
- quatro; enfim, talvez cinco,

prontas a admirar sem inveja:
- dezoito,

induzidas em erro
por uma juventude afinal tão efémera:
- mais ou menos sessenta,

com quem não se brinca:
- quarenta e quatro,

vivendo sempre angustiadas
em relação a alguém ou a qualquer coisa
- setenta e sete,

dotadas para serem felizes:
- no máximo vinte e tal,

inofensivas quando sozinhas
mas selvagens quando em multidão:
- isso, o melhor é não tentar saber nem mesmo aproximadamente,

prudentes depois do mal estar feito:
- não mais do que antes,

não pedindo nada da vida excepto coisas:
- trinta, mas preferia estar enganada,

encurvadas, sofridas,
sem uma lanterna que lhes ilumine as trevas
- mais tarde ou mais cedo, oitenta e três,

justas
- pelo menos trinta e cinco, o que já não é nada mau,

mas se a isso juntarmos o esforço de compreender
- três,

dignas de compaixão:
- noventa e nove,

mortais:
- cem por cento,

número que, de momento, não é possível alterar.


[Wislawa Szymborska]

Final da ansiedade


 

Isto era o Destino:


 chegar à margem e ter medo da quietude da água.

Me Gusta...