Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

19.12.10

Frutos


Quando a amada oferece
o seu corpo, ela sabe
que dos frutos apenas
se colhe o sabor.

É então
que os dedos
separam as películas,
que a lâmina desce e a água
e o fogo se misturam.
E é então que a vida
e a morte convivem
sob o mesmo tecto.


[Albano Martins - Escrito a vermelho]


^^

2 comentários:

Daniel Savio disse...

Fruto de volupia que se auto alimentam, ou vai dizer que felicidade não vicia?

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.

Déia disse...

Acho que hj vivo isso...a duplicidade de sentimentos e emoções!

bj