Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

17.2.12

Never made promises that i've never kept


I've never been lost,
I've never been found,
And it make no difference, if I'm around,
There's never been words, there's never been actions
Never made promises that i've never kept.


[Mistake - Nickelback]


^^

Nenhum comentário: