Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

4.3.11

Se tu fosses água


Ai. Que o meu céu seria beber-te se tu fosses água. E todas as folhas de todas as árvores de nomes impronunciáveis, plantadas algures em cidades imaginárias, seriam a sombra dos dias que me saciam a fome de uma existência onde sou banal e carnal.


[Paulo Ferreira]


^^

2 comentários:

Hubner Braz disse...

Perfeito...

Daniel Savio disse...

Mas a vida é água, então se tiverem vivendo os sentimentos um pelo o outro, isto "é água"...

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.