Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

9.11.10

Serei...


Não pude ser
o teu amor perfeito
antes esta ferida.
Por isso para ti
não serei a pele
— poro a poro teu alumbramento —
serei apenas a cicatriz.

P-e-r-f-e-i-t-a.

[Neide Archanjo]
^^

2 comentários:

Maria Rita disse...

Palavras fortes e com essa imagem simplesmente nos arremete ao caos emocional. Mas quem nunca esteve nele?

Beijos pra Ti

Daniel Savio disse...

Te amor que marca mesmo a alma, de uma forma tão funda que parece que carregamos outra alma dentro de nós...

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.