Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

16.10.10

Do Amoroso Esquecimento


Eu, agora - que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?


[Mário Quintana]


^^

3 comentários:

Hanukká disse...

Olá, passei pra desejar um abençoado fim de semana e dar-te um abraço de paz.

Senhor Deus
agradeço pelos vales
por caminhar comigo neles
pela fé que me dás
pelo amor, e pela graça
Senhor Tu sabes...
mas eu sei
que em Ti posso todas as coisas
porque és Deus fiel,
força e vida vem de Ti

Janinha disse...

Me pergunto a msm coisa...Mtas x ao dia...
Bela postagem!Bjuu

Daniel Savio disse...

É porque é um arco, o fim de um ciclo e começo de outro...

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.