Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

28.7.10

Despedida no Céu


Eu não podia imaginar as coisas que me aconteceriam, o início foi incerto, confuso e incomum, onde todos os estranhos fariam parte da minha vida, onde todos os cantos teriam histórias escondidas. Aqui passei um dos melhores momentos de minha vida, fiz amigos, muitos dos quais, me acompanharão para sempre. Por isso tenho que comemorar!

Esse é um momento especial! É hora de olhar para trás e ver por tudo o que já passei. Por inúmeros bons momentos, de alegria, de vitórias e de cumplicidade.

Devo esquecer aqueles que me impuseram obstáculos infundados e agradecer àqueles que me impulsionaram adiante. É hora, mais do que nunca, de valorizar as amizades e os conhecimentos adquiridos aqui.


Bjs!!!

=)

4 comentários:

! Marcelo Cândido ! disse...

Vamos pensar nas coisas boas que foram feitas né
!!!
sempre sucesso
.

Daniel Savio disse...

Vou sentir saudade do Céu, mas espero que as sete não se separem...

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.

Nara disse...

Fica a saudade, né?

Beijo, Danni!

Nara

Luna Sanchez disse...

^.^

=**

ℓυηα