Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

29.3.10

Vida


Pelas ruas da cidade pessoas andam no vai e vem
Vem o cair da tarde, vão nos seus passos como reféns
De uma vida sem saída, vida sem vida, mal ou bem
Pelos bancos desses parques ninguém se toca sem perceber
Que onde o sol se esconde o horizonte tenta dizer
Que há sempre um novo dia, a cada dia, em cada ser
Não é preciso uma verdade nova, uma aventura
Para encontrar nas luzes que se acendem um brilho eterno
E dar as mãos, e dar de si, além do próprio gesto
E descobrir feliz que o amor esconde outro universo

Pelos becos, pelos bares, pelos lugares que ninguém vê
Há sempre alguém querendo uma esperança, sobreviver
Cada rosto é um espelho de um desejo de ser, de ter
Não é preciso uma verdade nova, uma aventura
Para encontrar nas luzes que se acendem um brilho eterno
E dar as mãos, e dar de si, além do próprio gesto
E descobrir feliz que o amor esconde outro universo

Cada rosto é um espelho de um desejo de ser, de ter
Talvez quem sabe por esta cidade passe um anjo
E por encanto abra suas asas sobre os homens
E dê vontade de se dar aos outros sem medida
A qualidade de poder viver vida, vida,
Vida, vida.

[Compositor: Fábio Júnior]


^^

5 comentários:

Sil disse...

Oi Flor,

Como é que vc está??

Olha.. nenhuma inspiração específica... nenhuma novidade não viu.. mas.. a vida continua apesar dos pesares....

=\

rs


Um beijo...
Te adoro, vc sabe!!!

Layara disse...

...quem sabe um anjo abra as asas sobre nós...quem sabe...até lá vivemos a Vida tal qual a Vida...

Beijos!

Nara disse...

Eu quero viver sabendo o que estou fazendo.

Dá pra entender?

Beijo,
Nara

Luna Sanchez disse...

Antigona e linda, essa, né, Dannizinha? =)

Beijo, beijo,

ℓυηα

Daniel Savio disse...

Tenho de concordar com o texto, para que tanto desejo represado da vida?

fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.