Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

23.10.09


Uma aragem, leve depois de um dia
de multo calor.
Faltei ao emprego,
não fiz os deveres, não olhei para diante
nem para o lado, não fui
ao supermercado, não fiz
nem refiz abandonos.

Fiz de acaso, de imprevisto, não fui
à janela, não olhei o mar,
hoje, fiz todo o dia,
só isto.

[Helga Moreira]
^^

3 comentários:

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Oi Anja ^.~

Ah estas tuas postagens...nota mil !
Sabes que hj tb fiz isso ?

Nada...apenas...fiquei olhando pela janela analisando o que de bom a vida tem feito a mim e como e maravilhoso ter uma vida pra viver...

Uma doce fds pra vc minha amiga...

Doces Beijos

Doce Essencia

Luna Sanchez disse...

A inércia me toma, às vezes, quando o calor é desumano.

Adorei essa imagem, Dannizinha. A-DO-REI! Puro frescor! =)

Beijo,

ℓυηα

Daniel Savio disse...

Aff, estou achando que foi dia da preguiça, mas te perdou se contar a coisa torrida que te deixou assim manhosa...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de maldade e curiosidade.

Fique com Deus, menina Danni.
Um abraço.