Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

27.10.09

A tua Ausência


Pelas paredes cheira ainda à tua pele cutânea.

Mas desde que te foste
estar aqui é oco, cansativo, uma espera.
E às vezes
(como se tivéssemos chorado)
respirar custa.

Sobretudo nada apetece.
Sair para a rua? Ir então em frente a repetir os passos
passear nas avenidas a espaçar as horas
dispersar a espera?

Tudo cinzento. Choverá?
Aqui é que não fico. No quarto onde dormimos
o espaço sobra, e cada coisa já morreu ou está a mais.

Em toda a casa uma violência subterrânea:
a tua ausência.


[João Habitualmente]
^^

11 comentários:

Marcelo Mayer disse...

como se um retrato ficasse jogado pelo quarto

Abstrata disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luna Sanchez disse...

Saudade que dilacera, tão densa que quase se materializa.

=\

Lindo, como de costume, né, Dannizinha? Rs

Dois beijos, flor.

ℓυηα

Daniele.. disse...

Lindo!
Adorei Danni.. (xará) rs

Tristinho esse texto!

Beijo ☺

Daniel Savio disse...

Aff, quer apanhar pessoa?!

Vou explicar o meu pensamento:

1 - Se ele partiu fisicamente, será que ele partiu do teu coração, da tua pele?

2 - Se até ai ele se foi (do coração), você não tem de sentir saudade dele, só procure alguém que te faça feliz...

3 - Os textos que escolhemos como parte de nossa alma, ou no minimo, para refletir o nosso estado mental (por isso um pouco do "esporro")...

É xará, eu sou chato, mas de tempos em tempos eu sumo, ok?

Fique com Deus, menina Danni.
Um abraço.

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Marcelo, materializando, é por ai...

Abstrata, ele escreve divinamente, né?

Luninha, saudade de verdade é assim mesmo...

Dani, xará, é triste, mas é intenso, gosto de sentimentos intensos...

Daniel, veja bem, esse 'esporro' não é pra mim, não... o que eu publico é o que leio, não significa necessariamente, que eu estou me sentindo assim.... Se vc perceber nos meus posts anteriores, eles retratam sentimentos tão intensos como esses... E, enquanto eu estiver lendo, textos triste ou alegre, continuarei postando aquilo que tocar fundo minh'alma...
Sempre!


Bjs à todos!
Voltem sempre!


=)

meus instantes e momentos disse...

não faz muito meu modo de ser.
Sou do sol....do amor...
Ninguem sai do que que é bom..
ninguem abandona o que vale a pena.
Maurizio

Layara disse...

ficar nesse quarto de saudade, nao faz bem...o dia cinzento eu acho lindo, parece que ele pede carinho...um tempo menos colorido e ensolarado, é tempo de reflexão...eu gosto...rsssss....

beijos no plural!

Lua disse...

A ausencia encomoda e nos deixa assim com vontade.

Beijos.

Daniel Savio disse...

Espero que sim xará, pois a "ameaça" de te bater é séria...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.

Daniel Savio disse...

Só para corrigir algo, não vou te bater realmente...

Sério, é meio que trato os meus amigos com "ameaças de bater", mas nunca as cumpro...

É sério.

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.