Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

10.8.09

Falando com a Liberdade:

Photobucket
Alô!?
Alô, Liberdade?!
Quem é?
Sou eu, Idecisão.
Diga.
Tô ligando pra saber: será que eu já posso enlouquecer ou devo apenas sorrir?
(no outro lado da linha: silêncio absoluto)
Alô!... Tem alguém ai?? Alô, Liberdade!... Tá me ouvindo?!
(tum, tum, tum, tum...)


^^

3 comentários:

Blue disse...

Liberdade é até mesmo postar algo assim....
Tá ligado!
Tá me ouvindo?

Beijos

Bia Maia disse...

Forte....fortíssimo seu blog.
Gostei e muito!
PARABÉNS!
E viva a LIBERDADE....qualquer que seja ela!

Um beijo e sinta-se muito bem vinda lá em meu cantinho...onde escrevo as minhas verdades com muito amor, coragem, gana....garra...

Um beijo!

Bia Maia

http://olhardentrodosolhos.blogspot.com

Luna Sanchez disse...

As palavras teimam em faltar quando mais precisamos delas, né, Dannizinha? Puxa...

* Gostei demais do diálogo. Parabéns!

Beijos, dois.

ℓυηα