Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

14.7.09


"Quando entre nós
só havia uma carta certa
a correspondência completa
o trem os trilhos
a janela aberta uma certa paisagem
sem pedras ou sobressaltos
meu salto alto
em equilíbrio
o copo d’água
a espera do café."

[Ana cristina césar]


^^

3 comentários:

Tetê disse...

de novo,
bJO...

Blue disse...

Lindas fotos, bela poesia.
Também postei hoje utilizando uma foto com trilhos!

Beijos

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Eu li Blue, eu li.

Bjs!

=)