Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

16.4.09

Justificável

Porque há momentos em que precisamos:



.

.

.

"refrescar as ideias"...

^^

3 comentários:

avarandados do anoitecer disse...

beba-me!

Anônimo disse...

Dani,
E por falar nisso,
vamos comemorar o final das provas lá no orelhão? Vai maior galera da sala...

Depois eu te ligo!

Beijinho!

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Falta uma matéria online pra mim.
É semana que vem ainda...

Mesmo assim eu to dentro!

Bjokas!