Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

25.2.09

Na Minha Mão


"Se você pensa que eu não sei
O tanto o quanto eu te ensinei
Pois saiba que só mesmo o amor
Pra te cegar como cegou
.
O fato é que eu já constatei
Nem tudo é mão ou contramão
Nosso desejo não tem lei
E o resto é pura ilusão
.
Coração, coragem, prá qualquer viagem, prá qualquer sermão
Não deixe as roupas que eu rasguei te encobrirem de razão
.
E o mundo gira devagar
E eu a frente dele a mil
Um dia eu vou te reencontrar
E te explicar o que feriu"

.
[Marina Lima]


^^

Nenhum comentário: