Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

25.11.12

Feliz para sempre?





Abriu todas as janelas para o dia azul brilhante.
Respirou fundo, sorriu. (...)
Sorriu ainda mais quando, sem esforço,
...
lembrou de uma porção de gente.(...)
quem acredita sabe encontrar.
Não garanto que foi feliz para sempre,
mas o sorriso
era lindo quando pensou todas essas coisas...



[Caio Fernando Abreu]



^^

Nenhum comentário: