Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

7.6.12

Romeu


esqueci minha boca no teu corpo
pensei que isso te faria meu

usei de artifícios, gastei meus truques
depois, quem escapou fui eu

não pense que eu não desejei
não diga que eu não quis
é só que eu me assustei
ao me ver tão feliz


colei os meus olhos no teu mundo
guardei cada passo teu
mas eu, julieta, presa nesse pacto
você, o meu romeu

entenda esse lado bom
nem tudo é aflição
ficamos com o sonho
ao invés da punição

não pense que eu não desejei
não diga que eu não quis

é só que eu me apavorei
ao me ver tão feliz



[Agridoce]



^^

Nenhum comentário: