Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

4.4.12

A Dor da nossa própria Solidão



^^

3 comentários:

Newton Kage disse...

É verdade, precisamos nos amar primeiro, para depois conseguir ver o amor em outras pessoas!
Td de bom!
]Bj

Newton Kage disse...

Ah, amiga,
passei pelo seu Blog, e adorei a qualidade das postagens!
Parabéns!

Talita disse...

"Faça desta páscoa, a tua páscoa. Faça desta ressurreição, tua ressurreição. Nunca se entregue, pois é somente a cada adversidade que poderemos vislumbrar uma nova oportunidade."

Feliz Páscoa!!
http://ensinameasentirteucoracao.blogspot.com