Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

18.10.11

Mil Pedaços





E tanto faz.. de tudo o que ficou,
Guardo um retrato teu,
e a saudade mais bonita.

Não sei por quê acontece assim e é sem querer
O que não era pra ser: Vou fugir dessa dor.
Meu amor
se quiseres voltar - volta não...

Porque me quebraste em mil pedaços.


[Legião Urbana]


^^

2 comentários:

Luna Sanchez disse...

Lindeza de canção, né, Dannizinha?

Um beijinho.

BLOG DE POESIAS DO PROFEX disse...

Danni, Renato Russo será sempre lembrado e suas canções assoviadas nos momentos de distração de forma melancólica mas gostosamente.
Parabéns pelo blog e obrigado por compartilhar.
Abraços.