Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

4.9.11

Sessão pipoca - Sexo Frágil - Para que serve um homem?




Pérolas desse episódio:

"- Malu, o que é que esta criatura tem que eu não tenho?
Ou melhor: o que eu não tenho que ela tem?
Eu digo mais: o que é que vc tem pra me dizer que eu não sei?
Ou melhor: o que é que vc tem pra me dizer que eu já sei, mas eu não quero acreditar?"



♪ Eu não sou cachorro, não
Pra viver tão humilhado
Eu não sou cachorro, não
Para ser tão desprezado...♪




Homem serve só para matar baratas.(ponto)
Logo,
Viva as Baratas!!!

^^

Nenhum comentário: