Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

16.9.11

Mas é Fato, Ando com Preguiça de Interpretar o Mundo,



...de entender as pessoas, de procurar os sete erros. Gostaria de ter todas as respostas na última pagina, de ter um manual de atitudes sensatas, de ter o pensamento voltado pra Meca. Queria que houvesse um serviço de telessoluções entregues a domicílio em menos de meia hora. Cansei de filme de guerra, holocausto, tortura, exorcismo, crise existencial, seqüestros, erro médico, suicídio, trapaça. Ando abençoando a alienação, eu que tinha uma dificuldade crônica em concordar com os outros, me quero de volta, eu pago resgate.





[Martha Medeiro]



^^

2 comentários:

Sil Marx disse...

Perder-se e reencontrar-se , creio que sejam estágios pelos quais temos que passar para estarmos em constante evolução na vida .
Muito agradável teu blog , parabéns .

Luna Sanchez disse...

Eu tô no oposto disso, na contramão.

Beijo, Danni.