Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

14.8.11

Sessão pipoca - Sexo Frágil - Quem vai ficar com Soraia








Pérolas desse episódio:

"Ninguém te avisou que a pressa é inimiga do prazer?
-Avisou. Mas prazer adiado é tempo de prazer perdido."

"Quando você come jujuba, quais vc deixa por último: as vermelhas ou as verdes?
-Eu não julgo as jujubas pelas cores, acho que toda jujuba é igual perante à lei com corante amarelo, vermelho ou verde."

"O que vem primeiro, o ovo ou a galinha?
- O ovo, mas com a galinha dentro."


♪Eu queria ter um lança chamas
Eu queria ter uma fogueira
Eu queria ter somente um fósforo
Eu queria ter uma vela acesa
Pra queimar soraya
Pra ver torrar seu couro
Pra deixar somente o osso exposto ao sol
E depois da meia noite Soraya vai voltar
Ela vem toda queimada se vingar

♪Eu quero ver Soraya queimada
Soraia queimada
Porque Soraya me queimou
Eu quero ver Soraya queimada
Soraya queimada
Porque Soraya me queimou

♪Eu queria ácido Sulfúrico
E um litro de álcool tubarão
Eu queria uma tocha iluminada
Pra deixar Soraya igual carvão
E depois da meia noite
Soraya vai voltar
Ela vem toda queimada se vingar...



[Composição: Caetano Veloso]



^^

Um comentário:

Luna Sanchez disse...

"E depois da meia noite
Soraya vai voltar ..."


Adooooooooooro! E o Thiago leva o maior jeito!

=)

Beijos, flor.