Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

23.6.11

Pedaços de Mim




Eu sou feita de sonhos interrompidos detalhes despercebidos amores mal resolvidos. Sou feita de choros sem ter razão pessoas no coração atos por impulsão. Sinto falta de lugares que não conheci experiências que não vivi momentos que já esqueci. Eu sou amor e carinho constante distraída até o bastante não paro por instante. Já Tive noites mal dormidas perdi pessoas muito queridas cumpri coisas não-prometidas. Muitas vezes eu desisti sem mesmo tentar pensei em fugir para não enfrentar, sorri para não chorar. Eu sinto pelas coisas que não mudei amizades que não cultivei aqueles que eu julguei coisas que eu falei. Tenho saudade de pessoas que fui conhecendo lembranças que fui esquecendo amigos que acabei perdendo...



Mas continuo vivendo e aprendendo.



[Martha Medeiros]




^^

Um comentário:

Julliany kotona disse...

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Sua amizade é um presente e quero sempre cultiva-la,tenha um exelente dia!