Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

21.6.11

Diálogo em alguns Atos - Vou cuidar de mim...




- Me desculpa. Não quis feri-la.


-Sei que a culpa não é sua.


-Então tudo bem?


- Não está tudo bem... Você espalha sofrimento porque não sente nada além disso. Você manipula as pessoas porque não dá conta de manter relações de verdade. A partir de agora vou cuidar de mim.





^^

Um comentário:

Natalia Smirnova disse...

Olá, passando aqui pra dar uma conferida no seu blog (está ótimo) e para lembrar que está no ar o teaser do novo capítulo de “Illegitimate”. O capítulo completo está previsto para 28/06/11. Te vejo no POET http://pagesoferasedtext.blogspot.com/ Ate mais!