Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

14.4.11

Não sei ...


Não sei se me interessei pelo rapaz
por ele se interessar por estrelas
se me interessei por estrelas
por me interessar pelo rapaz

hoje quando penso no rapaz
penso em estrelas
e quando penso em estrelas
penso no rapaz
como me parece que me vou ocupar com estrelas
até ao fim dos meus dias

parece-me que não vou
deixar de me interessar pelo rapaz
até ao fim dos meus dias nunca saberei
se me interesso por estrelas
se me interesso por um rapaz
que se interessa por estrelas
já não me lembro

se vi primeiro as estrelas
se vi primeiro o rapaz
se quando vi o rapaz vi as estrelas



[Adília Lopes]


^^

2 comentários:

Luna Sanchez disse...

Oh, um amor estreladinho e brilhante...quem não quer, né, flor?

;)

Um beijo.

Daniel Savio disse...

Bonito e direito, isto é muito bom...

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.