Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

1.4.11

Mora Na Filosofia


Eu vou lhe dar a decisão
Botei na balança e você não pesou
Botei na peneira, você não passou
Mora na filosofia
Pra que rimar amor e dor
Se seu corpo ficasse marcado
Por lábios ou mão carinhosas
Eu saberia a quantas você pertencia
Não vou me preocupar em ver
Teu caso não é de ver pra crer


[Composição: Monsueto / Arnaldo Passos]
^^

Um comentário:

Daniel Savio disse...

Tem vezes que temos de pensar em nós mesmos...

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.