Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

10.3.11

Meu Grande amor


(...)

Pode chover, o céu cair
Que nada vai tirar o que eu guardei dentro de mim
É só pensar em você e no amor que guia os nossos corações
Se o mundo te esconder por trás de muros e prisões,
Te encontrarei, meu grande amor

Só os tolos podem pensar que o amor se deixa enganar
Nada poderá mudar os rumos da paixão
Foi ele quem nos escolheu, não foi você, nem eu
Meu grande amor
Grande amor

Aconteceu
Estava escrito assim
Eu em você, você em mim
Eu te encontrei, meu grande amor
Grande amor


[Lara Fabian]


^^

Um comentário:

Daniel Savio disse...

Realmente bonito, mas porque ele escolher as pessoas erradas?

O que eu acabe machucar pelo meu jeito...

Hua, kkk, ha, ha, eu num momento meio para baixo.

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.