Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

5.2.11

Sessão pipoca - Sale el Sol



Essas semanas sem te ver
Pareceram anos
Tanto eu quis te beijar
Que me doem os lábios
Olha o que o medo nos fez
Cometer idiotices
Nos deixou surdos e cegos
Tantas vezes

E um dia depois da tempestade
Quando menos você pensa sai o sol
De tanto somar perde a conta
Porque um e um nem sempre são dois
Quando menos você pensa sai o sol

Chorei para você até extremo
Do que era possível
Quando eu acreditei que era invencível
Não há mal que dure cem anos
Nem corpo que aguente
E o melhor sempre espera adiante

E um dia depois da tempestade
Quando menos você pensa sai o sol
De tanto somar perde a conta
Porque um e um nem sempre são dois
Quando menos você pensa sai o sol
Quando menos você pensa sai o sol

E um dia depois da tempestade
Quando menos você pensa sai o sol
De tanto somar perde a conta
Porque um e um nem sempre são dois

E um dia depois, e um dia depois
Sai o sol


[Shakira]


^^

Um comentário:

Daniel Savio disse...

bonita a música, sendo que não sabia a tradução...

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.