Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

20.12.10

Gostava de gostar de gostar...

Gostava de gostar de gostar.
Um momento... Dá-me de ali um cigarro,
Do maço em cima da mesa de cabeceira.
Continua... Dizias
Que no desenvolvimento da metafisica
De Kant a Hegel
Alguma coisa se perdeu.
Concordo em absoluto.
Estive realmente a ouvir.
Nondum amabam et amare amabam (Santo Agostinho).
Que coisa curiosa estas associações de idéias!
Estou fatigado de estar pensando em sentir outra coisa.
Obrigado. Deixa-me acender. Continua. Hegel...

[Álvaro de Campos]


^^

2 comentários:

Luna Sanchez disse...

Dannizinha,

Passei pra desejar um excelente final de ano pra ti, cheeeeeeio de coisas boas, agradecer pelo carinho de sempre e deixar beijos mil! =)

ℓυηα

Daniel Savio disse...

O que exatamente se perdeu...

Nós, ou nossa alma.

E o meu frances (postagem abaixo é péssimo).

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.