Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

6.11.10

Eu te Devoro


Teus sinais
Me confundem
Da cabeça aos pés
Mas por dentro
Eu te devoro,
Teu olhar
Não me diz exato
Quem tu és
Mesmo assim
Eu te devoro...

[Composição: Djavan]


^^

3 comentários:

Daniel Savio disse...

Devorar e ser devorado no amor é tão bom...

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.

Janinha disse...

Adorei essa postagem simples mas xeia de signifikados...

Passa no meu blog se gostar sinta-se em ksa e comente bjuu

bom fimdi

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Ahhhh!!!o amor é bom demais!!e ser devorada por quem a gente ama é melhor ainda...!!!amo Djavan!!!post PERFECT!!beijos meus!!