Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

23.10.10

Simplesmente Mulher

Existe coisa mais contraditória e sublime do que ser mulher?
Ser mulher é um presente de Deus, porque nós mulheres pensamos com coração, agimos pela emoção e vencemos nossas lutas pela força do amor.

O que eu fui ontem e anteontem já é memória, escada vencida degrau por degrau; mas o que eu sou neste momento é o que conta, minhas decisões valem para o aqui e agora, hoje é o meu momento de ser mulher, momento único de viver minhas emoções a cada dia e transmiti-la com meus gestos delicados, femininos.

Somos tão únicas, e ao mesmo tempo somos tão parecidas... E como todas as mulheres, eu também tenho lá, minhas manias... Por que não? Procuro sempre valorizar minha feminilidade, nunca fugindo do meu “eu”, do meu estilo de ser, e da minha liberdade.

Sinto-me mais atraente sendo a mulher que sou, mas sempre do meu jeitinho: De cabelos presos ou soltos, com minhas unhas vermelhas ou à francesinha, com meus scarpins coloridos ou sandálias rasteirinhas, com maquiagem ou com o rosto ao natural. Vestindo roupa de grife ou com uma calça jeans e uma camiseta básica. Sinto-me atraente também, quando durmo só com a blusinha do baby doll e de calcinha de algodão ou uso aquela camisola de seda com rendas.

Não se preocupe, por que eu não vou tentar disfarçar essas manias, inclusive o de que a mulherada adora fazer coleção de alguma coisa, né? Já vou logo avisando - NÃO sou exceção. Quer me deixar com sorriso de orelha a orelha? Tão simples... é só me soltar num shopping, com cartão de crédito na mão, onde tenha logo de cara, uma livraria, uma sapataria e uma perfumaria... (não necessariamente, nesta ordem... rsrsr...) a-d-o-r-o!

Brincadeiras à parte, a verdade é que toda mulher, tem que se cuidar, se valorizar!
É muito bom me sentir assim: livre e de bem com a vida! É muito bom me aceitar e ser feliz com meu ser. Independente de TUDO e de TODOS!

É tão triste saber que existem pessoas infelizes consigo mesma, pessoas que não se suportam... imagine, suportar o outro? Pessoas ocas por dentro, pequenas, sem conteúdo algum, sem brilho próprio, e que, mostram seu recalque com atitudes primitivas ao ver diante dos seus olhos vazios, o brilho da identidade autêntica do outro. Lamentável, não?

Por ser mulher e por ser humana, eu me valorizo, sobretudo, por aquilo que meu olhar transmite (o meu olhar fala por mim, e muito) pelo que meu corpo revela, pelo que meus lábios dizem, ou seja, por minha essência.

Mas, eu acredito que o ápice na vida de uma mulher é o momento em que ela hospeda no seu ventre outras almas, um momento que eu ainda não passei. Entretanto, quando chegar à hora, quero que seja como todas as mulheres... dá a luz e depois ficar cega de amor diante de tanta beleza em ter meu filho nos braços.

Dizem que a mulher é sexo frágil, dizem que cabeça de uma mulher ninguém entende, e dizem ainda, que, nossos problemas estão sempre vinculados à TPM. Pode?
Ai,ai, esse homens, em?!... rsrsrrs...


A Verdade é que sou [Mulher] simples assim...
Sou como todas as mulheres: determinada, que chora e que sorrir, que sonha, vive cheia de mistério e encanto, força felina e manhosa, frágil e poderosa!

Simplesmente Mulher!!

Danni ^^

2 comentários:

Daniel Savio disse...

Uia, texto bem inspirado, mas então bem vinda "menina mulher" a este mundo que te espera para arrasar...

E cadê o posto sobre a amizade de homem e a mulher ser possivel?

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.

! Marcelo Cândido ! disse...

Mulher é o que veio pra salvar
...