Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

26.10.10

Seduzir


Cantar, é mover o dom
do fundo de uma paixão
Seduzir, as pedras, catedrais, coração
Amar, é perder o tom
nas comas da ilusão
Revelar, todo o sentido
Vou andar, vou voar, pra ver o mundo
Nem que eu bebesse o mar
Encheria o que eu tenho de fundo


[Composição: Djavan]


^^

3 comentários:

Sac do Amor disse...

Te blog é lindo!!!!

Daniel Savio disse...

Bonito, mas com certeza, amar são muitas atos, porém a mesma felicidade crescente...

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.

Jefferson Kroutz [L.r.y.s.a.] disse...

Muito legal teu blog! (Y)

_______________
Histórias de ônibus

Por: Jeef Kroutz [L.r.y.s.a.]

http://jeefkroutz.blogspot.com/