Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

24.10.10

Decepção não mata - Ensina a Viver! \o/





Algumas situações na vida nos deixam à sensação de termos sido roubados, como se algo muito importante tivesse sido arrancado de nós, um pedaço, um pouco do ar que respiramos. A situação fica ainda mais delicada quando nos decepcionamos com pessoas que amamos.

Quando isso acontece é necessário parar pra pensar na situação num todo. Esquecer aquela vontade que vem lá no fundo de dá o troco, de pagar na mesma moeda. Não vale a pena se rebaixar e cometer o mesmo erro, só pra se vingar. O correto é manter a dignidade, o caráter e se afastar de pessoas que só estão ao nosso lado pra sugar nossas energias.

É preciso, pelo menos, conformar-se com o que aconteceu. Porque aceitar já é uma outra história que fica para mais tarde. E aí entra um fator muito importante para qualquer roubo que tivermos: o tempo. Já dizia o antigo ditado que ele cura as feridas, já que o processo de cura segue andando de qualquer modo. O nosso corpo e a nossa mente querem nosso bem, eles não desejam que fiquemos sofrendo interminavelmente por algo que já aconteceu. O tempo acelera o processo se estivermos realmente dispostos a investir na recuperação.

Portanto, se você se decepcionou com alguém, em algum aspecto da sua vida, não se preocupe. O mundo dá muitas voltas. E o universo conspira sempre a favor do bem. Não vale a pena ficar com mágoa no coração, isso só faz prejudicar sua saúde. As palavras chaves são superação e bola pra frente!

A superação vem basicamente da vontade de realizar algo maior, de superar os limites, de alcançar o topo. É isso que torna algumas pessoas especiais. Vencedoras! Enfrentar as adversidades da vida não é fácil. Mas, quando conseguimos subjugar os problemas, saímos restaurados, firmes para continuar em frente. Isso é resiliência, afinal.

Danni^^

Um comentário:

Daniel Savio disse...

Ichi, mas eu sou um dos rancorosos, mesmo que não perca tanto tempo com isto...

Fique com Deus, menina xará Danielle.
Um abraço.