Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

6.7.10


Perdemos repentinamente
a profundidade dos campos
os enigmas singulares
a claridade que juramos
conservar

mas levamos anos
a esquecer alguém
que apenas nos olhou...


[Jose Tolentino de Mendonça]


^^

4 comentários:

... disse...

Moça,
vi seu post e resolvi chegar para ler
como sempre te leio, quis comentar
teus textos me intigram às vezes
outra vezes esclarecem

Mas, sou apenas um visitante aqui
e é lógico que há quem os entenda

Desculpe o comentário


Abraço

Kleber - Simplesmente Ser disse...

Realmente há olhares que valem mais que mil palavras.

bjs

Carla Vieira disse...

Fotografias espetaculares,muitos parabens!

Daniel Savio disse...

Não foi apenas olhar, isto é fato...

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.