Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

18.6.10


Às vezes viro-me e cheiro o teu cheiro e não consigo continuar não consigo continuar foda-se sem exprimir esta merda física horrível merda dolorosa saudade que tenho de ti. Não posso acreditar que sinta isto por ti e tu não sintas nada. Não sentes nada?

(Silêncio)

Não sentes nada?

(Silêncio)

E saio às seis da manhã e começo à procura de ti. Se sonhei com uma rua ou um bar ou uma estação vou lá. E espero por ti.

(Silêncio)

Sabes, acho que estou a ser manipulada mesmo.

(Silêncio)

Na minha vida nunca tive problemas em dar às pessoas aquilo que elas queriam. Mas nunca ninguém fez isso por mim. Ninguém me toca, ninguém se aproxima de mim. Mas agora tocaste-me não sei onde tão fundo foda-se não posso acreditar não posso ser isso para ti. Porque não te consigo encontrar.

(Silêncio)

Achas que é possível alguém nascer no corpo errado?

(Silêncio)

Achas que é possível alguém nascer na era errada?

(Silêncio)

Vai-te foder. Vai-te foder. Vai-te foder por me rejeitares, por nunca aqui estares, vai-te foder por me fazeres sentir uma merda, vai-te foder por me fazeres sangrar amor e vida foda-se, que se foda o meu pai por me ter fodido a vida para sempre e que se foda a minha mãe por não o ter deixado, mas, mais que tudo, vai-te foder por me fazeres amar uma pessoa que não existe. (...)

[Sarah Kane]


^^

2 comentários:

Sac do Amor disse...

A imagem é surreal, mas acho que dá a ideia de nascimento, e nascimento pode ser renovação...

O texto está forte, mas muito sincero, dá a impressão. Estás de mau humor, estás?

Se sim, espero que passe, és uma pessoa fantástica. Desejo-te um bom fim de semana. E, sim, antes que me esqueça, pode-se nascer na era errada sim, já conheci muitos casos, o meu próprio por exemplo :-)

Monsieur Cvet z Juga

Daniel Savio disse...

Mas muitas vezes, somos nós que temos de se ferrar para aprender a dar valor ao amor...

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.