Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

21.3.10

O outono chegou


Vem ver-me antes que morra de amor – o sangue
arrefece dentro do meu corpo e as rosas desbotam
nas minhas mãos. Da minha cama ouço a tempestade
nos continentes; e já quis partir, deixar que o vento
levasse a minha mala por aí;
fiz planos de correr mundo
para te esquecer – mas nunca abria a porta.

Vem ver-me enquanto não morro, mas vem de noite –
a luz sublinha a agonia de um rosto e quero que me recordes
como eu podia ter sido. Da minha cama vejo o sol
tatuar as costas do meu país; e já sonhei que o perseguia,
que desenhava o teu nome no veludo da areia e sentia
a vida a pulsar nessa palavra como o músculo tenso
escondido sob a pele
– mas depois acordava e não ia.

Vem ver-me antes que morra, mas vem depressa –
os livros resvalam-me do colo e o bolor avança
sobre a roupa. Da minha cama sinto o perfume das folhas
tombadas nos caminhos. O Outono chegou.
E o quarto
ficou tão frio de repente.
E tu sem vires. Agora
quero deitar-me no tapete de musgo do jardim e ouvir
bater o coração da terra no meu peito. Os vermes
alimentam-se dos sonhos de quem morre. E tu não vens.

[Maria do Rosário Pedreira, O canto do vento nos ciprestes]

^^

6 comentários:

Daniel Savio disse...

Poesia bonita, mas será que ela se declarou antes para ele saber que pode perder alguém que muito o ama só por ama-lo demais (ou vice versa)?

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.

Nara disse...

Ai florzinha, assim eu fico com vontade de sair correndo e ir encontrar quem eu quero!

Beijo,
Nara

***MissUniversoPróprio*** disse...

Nossa, que lindo...

Rima com os silêncios de minha alma...

Beijos...

Sônia Silvino disse...

"... ouvir o coração da terra bater no meu peito..." Uau!!! Demais!
Bjkas!

Luna Sanchez disse...

Ah, o fim do calor insuportável me inspira para tudo...para TUDOOOOO!

\o/

Beijoca, flor!

ℓυηα

Daniele.. disse...

Ah, deprimente não termos quem queremos ter..

E nada acalma o coração!!

Fim do verão.. Iepa!! rs

beijo danni ^^