Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

26.1.10

Vem pra cá


Não ver você, não tem explicação
é caminhar pela escuridão
ficar a fim e não poder falar
querer o sim e não se acostumar
com a solidão, o medo de amar
estranho vazio no seu olhar
eu tento achar em algum lugar
o amor que você deixou pra trás

Vem pra cá !!!!


[Composição: Léo Henkin/Serginho Moah]


^^

11 comentários:

! Marcelo Cândido ! disse...

Essa música é showw!!!
Abraço e espero que esse alguém vá pra aí, é claro, se estiver esperando...
!!
Abraço

Mariah disse...

não gosto desta parte do amor que condena a gente a esse sentimento de vazio!
sou pelo novo amor!

Sonhadora disse...

Minha querida
Lindissimo poema...triste mas belo, na solidão também pode haver beleze, se em versos.

Beijinhos
Sonhadora

Sil disse...

Flor...

Captou meu sentimento....

=\

Bjs

Daniel Savio disse...

Menina, algumas amores tem de deixar no passado e apenas lá...

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.

Camilla Angelo disse...

Amo essa música, parece comigo e com meu amor!
Bjão

Menina Misteriosa disse...

Danni,
Ao ler, só consegui suspirar... e pedir, desejar...
Ando tão sem explicação...

beijo!

Sônia Silvino disse...

Envolvente...
Bjkas!

Luna Sanchez disse...

Encontrei o Serginho no Barra Sul, domingo : tudodebom.com, uma simpatia só!

Beijo, flor.

ℓυηα

Janinha disse...

Adorei

Eraldo Paulino disse...

Eu me sinto muito bem no seu canto toda vez que eu entro. É uma riqueza de informações, desde a imagem até os textos muito bem escritos, que só venho aqui quando estou com tempo hábil pra apreciar tudo.
Parabéns! Gosto muito daqui.

Bjs que demonstram admiração.