Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

6.1.10


Sinto muito
Mas não vou medir palavras
Não se assuste
Com as verdades que eu disser

Quem não percebeu
A dor do meu silêncio
Não conhece
O coração de uma mulher


Eu não quero mais ser
Da sua vida
Nem um pouco do muito
De um prazer ao seu dispor

Quero ser feliz
Não quero migalhas
Do seu amor


Quem começa
Um caminho pelo fim
Perde a glória
Do aplauso na chegada

Como pode
Alguém querer cuidar de mim
Se de afeto
Esse alguém não entende nada?


Não foi esse o mundo
Que você me prometeu
Que mundo tão sem graça
Mais confuso do que o meu

Não adianta nem tentar
Maquiar antigas falhas
Se todo o amor
Que você tem pra me oferecer
São migalhas, migalhas...

[Compositor: Eramo Carlos]



^^

6 comentários:

Sil disse...

Ai... Ai...

E a gente querendo tanto um pouquinho de migalha e nem isto conseguimos...

=\

Bjos..

Maria disse...

DANI...,

Lindo, e como traduz tanta verdade, passada no silencio de tanta gente,que bom que era que as pessoas tivessema coragem de dizer, não quero mais migalhas...

Tem um selinho de ouro para você lá no meu cantinho.

:)) Doce Abraço

Déia disse...

Uau....

Clap clap clap ( de pé)

Chegou a doer meu coração e a gelar minha espinha.

Belo recado...sai fora mané... vai fazer confusão na vida de outro!!
Esse desabafo é meu rs

bj

Daniel Savio disse...

Amar em migalhas nunca é bom, mas só se for migalhas dos tamanhos de montanhas...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.

poemas da paty loirinha disse...

mto lindooo...

me fez pensar.. pensar em alguém...

pensar na vida..

pensar em mim ...

* te sigo!

Luna Sanchez disse...

Essa música me deprime...mas é linda, flor.

Beijo, beijo.

ℓυηα