Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

3.1.10





Por hoje,
prefiro estender o meu olhar sobre a ponte imensa que é o meu peito.

^^

5 comentários:

Vanessa Souza Moraes disse...

Belas imagens!

Beijo.

Daniel Savio disse...

Será mesmo xará?

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.

Nara disse...

Ao infinito e além o/

Menina Misteriosa disse...

Eu também quero, preciso disso.
Posso te fazer companhia?!
;)

Luna Sanchez disse...

♪ "A ponte não é para ir nem pra voltar
A ponte é somente atravessar
Caminhar sobre as águas desse momento..." ♫

(Lenine)

Beijo, beijo.

ℓυηα