Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

10.12.09

Cuidado!


A porta cerrada
não abras.
Pode ser que encontres
o que não buscavas
nem esperavas.


Na escuridão
pode ser que esbarres
no casal em pé
tentando se amar
apressadamente.

Pode ser que a vela
que trazes na mão
te revele, trêmula,
tua escrava nova,
teu dono-marido.

Descuidosa, a porta
apenas cerrada
pode te contar
conto que não queres
saber.

[Carlos Drummont de Andrade]

^^

7 comentários:

Sil disse...

O Carlos é o máximo né..

[Viu que intimidade??..rs.rs.]

Oh nega.. adorei o vestido da guria.. bem discreto...

=)

Bjos

Nara disse...

Mais uma vez um post lindo, né?

[Danni, Danni cê tem que me passar as dicas! rsrs]

Beijo

Rosa Canela disse...

Palavras lindas, lindas mesmo!

Carlos Drumon é sempre perfeito!

Adorei estar por aqui ...beijos

Rosa Canela

Rosa Canela disse...

Palavras lindas, lindas mesmo!

Carlos Drumon é sempre perfeito!

Adorei estar por aqui ...beijos

Rosa Canela

Mariah disse...

existem muitas coisas que não querem ser descobertas atrás das portas. minha vida tem muitas destas portas.

meus instantes e momentos disse...

passando por aqui....
Maurizio

Daniel Savio disse...

Mas se você não simplesmente ousar, pode ficar sem o devido prêmio que almeja...

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.