Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

7.12.09

(...)


diz que não sabe do medo da morte do amor
diz que tem medo da morte do amor
diz que o amor é morte é medo
diz que a morte é medo é amor
diz que não sabe...

[Alejandra Pizarnik]

^^

9 comentários:

Déia disse...

É,
Tudo acaba se misturando, né?

Um medo, um fogo que arde, um sentimento forte e o medo volta e o amor prevalece... e....

A vida é essa mistura boa!

bj

meus instantes e momentos disse...

diz que o amor.....

Marcelo Mayer disse...

digo que tenho medo de morrer sem viver amor

Sil disse...

acho tão fofo isto...

Smack flor...

KG disse...

Podemos sim morrer por um bom amor...
Talvez valha a pena!
Talvez a vida ganhe sentido...

Daniele.. disse...

Eu tenho medo da morte do amor.

Acho que todos temos.
Beijo Danni

Menina Misteriosa disse...

Eu também não sei.
Tudo se confunde, tenho medo.
Mas procuro o amor. Sempre.

Luna Sanchez disse...

Digo : eu reconheço a morte do amor.

Duro, triste, mas real.

Beijos, florzinha.

ℓυηα

Daniel Savio disse...

Eu tenho medo da morte do amor...

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.