Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

3.11.09

Aqueles que têm nome e nos telefonam
um dia emagrecem - partem
deixam-nos dobrados ao abandono
no interior duma dor inútil muda
e voraz.

Arquivamos o amor no abismo do tempo
e para lá da pele negra do desgosto
pressentimos vivo
o passageiro ardente das areias - o viajante
que irradia um cheiro a violetas nocturnas

Acendemos então uma labareda nos dedos
acordamos trêmulos confusos - a mão queimada
junto ao coração.

E mais nada se move na centrifugação
dos segundos - tudo nos falta.

Nem a vida nem o que dela resta nos consola
e a ausência fulgura na aurora das manhãs
e com o rosto ainda sujo de sono ouvimos
o rumor do corpo a encher-se de mágoa.

Assim guardamos as nuvens breves os gestos
os invernos o repouso a sonolência
o vento
arrastando para longe as imagens difusas
daqueles que amámos mas não voltaram
a telefonar.

[Al Berto]

^^

7 comentários:

Marcelo Mayer disse...

quando li "arquivamos o amor no abismo" tudo me fez sentido. principalmente no dia de hj!

Daniel Savio disse...

Suadade dos toques do amado é triste, mas temos de entender também que ele não passa a ser mais o nosso amado que estes toques viram venenos para a nossa futura alegria...

Você na foto (vulgo tem flogão?)?

Fique com Deus, menina Danni.
Um abraço.

Lelli Ramz disse...

Oi querida...

elas partem, mas a ausencia só faz lembrar o tempo q esteve presente!

bjinhus, amores e partidas

Lelli

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Doce Amiga,

Passo rapidinho,tenho mil coisas,mas volto + tarde pra ler com calma...


Saibas que es uma amiga maravilhosa e que te admiro muito.

Doces Beijos

Doce Essencia

Luna Sanchez disse...

Danni,

não sei se já te contei, mas faço um trabalho voluntário com crianças, aos sábados.

Dia desses, falávamos sobre saudades, e um gurizinho de 5 anos, + / -, disse : "Saudade é quando alguém não te telefona mais..."

Rs

Nunca vi uma definição tão perfeita quanto essa.

* Beijos enormes, flor. Sim, juntas e misturadas! Obaaaaaaa! \o/

ℓυηα

***MissUniversoPróprio*** disse...

"[...]Nem a vida nem o que dela resta nos consola
e a ausência fulgura na aurora das manhãs
e com o rosto ainda sujo de sono ouvimos
o rumor do corpo a encher-se de mágoa.[...]"


A ausência, que faz-se presente dia após dia, enchendo de vazio, o peito que aqui espera.


Ui, acho que essa dá um post. ;P

Flor, obrigada pela disposição e pelo kit de primeiros socorros, viu? Vocês têm estado mais presentes e mais próximas de mim do que aqueles que tenho por perto.

Obrigada, sempre.

=*

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Estou aqui...

algumas lagrimas nos olhos...mas estou bem...

Li...claro...eu disse que voltaria para ler ^.~

E aqui encontrei a resposta para minha dor,de fato so poderia ter lido esse poema agora msm...

"arrastando para longe as imagens difusas
daqueles que amámos mas não voltaram
a telefonar."

E assim...caminha a humanidade.

Obrigada doce amiga,por nunca esquecer de mim.

Doces Beijos

Doce Essencia