Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

12.10.09


... Estou apaixonada.
E este amor vai decerto arrastar-me
para longe...
A corrente é demasiado forte, não tenho escolha
possível...
Posso acabar por perder tudo.
Mas já não posso voltar atrás.
Só posso deixar-me ir com a maré.
Mesmo que
comece a arder,
mesmo que desapareça para sempre...

[Haruki Murakami, Sputnik - meu amor]

^^

3 comentários:

Silvia Gonçalves disse...

Lindo texto...

é bem assim que a paixão nos faz sentir...

Bjos
;)

Franzé disse...

Poxa, a foto é brilhante.
O texto forte.
Lindo.

Bjos.

Luna Sanchez disse...

Arrebatada!

Beijo.

ℓυηα