Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

21.9.09

Dele


me encantaram
seus versos
letras
palavras
magia da alma
me convenceram
seus discursos
oratória
tribuna
verdade, juízos
me comoveram
seus olhos
azuis
de menino
lágrimas
me aqueceram
abraços
inteiros
seu calor
de homem bom
me apaixonaram
seus beijos
intensos
entrega
promessas
de amor.

[Rosangela Maluf]

^^

Um comentário:

Luna Sanchez disse...

Ou seja : está entregue!

Ui, coisa boa...rs.

Beeeeijo,

ℓυηα