Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

6.7.09

Minhas Palavras



"As minhas palavras
despi-as
até elas me ficarem
respirando nuas
debaixo da língua.

Volto-as
cuspo-as
sugo-as
sopro-as

estico-as
dos pés à cabeça
estendo-as

Faço-as grandes
como uma nave lunar
e pequenas como uma criança.
Procuro em toda a parte a linha
que me diga
onde me posso encontrar."

[Ulla Hahn]


^^

5 comentários:

Franzé Oliveira disse...

Fotos marcantes. Texto belo que complementa muito bem e harmoniza tão belo canto. E as palavras? Acho que somos as palvras que nos rodeiam. Somos feitos de palavras e silêncio. Façamos grandes as palavras que brotam da vida.

Bjos com carinho.

Xacal disse...

dani,

só passei para dizer oi...então vamos lá:

oi...

Xacal disse...

ps:

não se esqueça...a falta de compromisso, também é um compromisso...

rsrs..

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Eu sei Xacal, eu sei...

Oi pra vc também!
Depois passo lá no seu blog.

Bjs!


=)

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Pois é Franzé,
Como dizia aquela música:

"...Somos feitos de silêncio e sons... Tem certas coisas que eu não sei dizer."

[Lulu Santos]