Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

22.4.09

[...]

"Para os lugares que me faltam no interior do sono
tenho metáforas
ao falar do sabor que o vento deixa nos lábios
quando a voz tropeça nas sílabas
eu serei sempre a que abre as palavras na garganta."
[Maria sousa]

^^

Um comentário:

Angela disse...

Dani, minha linda!

Trocou o celular?
Tenho que falar com vc (assunto urgente)pode ser que você goste... depende do seu ponto de vista.
Manda pro meu email seu contato.

Ah! Como vai a galera ai? Sua mãe, seus irmãos, seu pai? Espero que estejam bem.

Bjs gatinha!