Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

28.1.09

Alguém me interne no paraíso.

Preciso urgente dar um tempo por lá!
(...)
Sorrisos plásticos cumprindo seu papel
Enfeitando um rosto de pedra!
Se a regra é ser tão simpático
Mesmo que seja só pra convencer toda platéia
Abraços vazios, olhares de gelo
Tão descartáveis quanto cascas no chão
Flashes capturam a melhor fachada
Mas quem vê foto não vê coração!
Não quero mais fantoches ao redor
Agindo sempre assim só quando for conveniente
Pra ganhar bônus e somar pontos
À sua carteirinha de hipócrita oficial"
[Pitty]
^^

3 comentários:

Mariana Moralles disse...

Nem tudo que parece é...
Adorei a letra!!!

Bom restinho de semana!!

Beijos

Tecnenfermaginando disse...

anjinho, anjinho, dando asas à imaginação e nos levando em voos altos, hein?

bjo:)

Danni disse...

Oi Mariana! Seja sempre bem vinda aqui nesse espaço!

Teresa, na verdade eu tento. Por mais adversidades que tenho encontrado ultimamente, eu tento seguir em frente --->
Bjs!
Vc é 10!

Danni