Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

12.12.08

Sin poemas y sin flores

Antes de conocerte el mundo era plano
Aunque lo discuta usted Señor Galileu
Y me canse de besar ranas en vano
Pero el príncipe azul
Jamás lo encontré


Y así llegaste tú
Devolviéndome la fe
Sin poemas y sin flores
Con defecto con errores
Pero en pie.


^^

2 comentários:

Aline disse...

Dani, tradução nessa também!!! Por favor!
Meu espanhol anda tão limitado...

Aline

Dąnnι disse...

Ok Aline, aí está:

"Antes de te conhecer o mundo era plano
Ainda que você discorde, Senhor Galileu
E me cansei de beijar sapos em vão
E o príncipe encantado
Jamais encontrei

E assim você chegou
Devolvendo-me a fé
Sem poemas e sem flores
Com defeitos e com erros
Mas de pé"


Bjs Aline!

Dąnnι