Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

19.1.10

\o/


"Liberta o grito que trazes dentro, e a coragem e o amor. Mesmo que seja só um momento... Mesmo que traga alguma dor!..."

[Mafalda Veiga]

Faltam-me as palavras. (E os gestos!...) E as nuvens. E as estrelas.
(Sem importância. De qualquer maneira, o que importa?)

^^

6 comentários:

Déia disse...

Ai ai...se eu soltar o grito, você certamente o ouvirá aí em sua casa!

Mas preciso fazê-lo ou explodirei!

bj

Mariah disse...

mais sentimento, mais dor.

Luna Sanchez disse...

Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

=)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Ka disse...

As vezes é mais difil do que parece dizer exatamente aquilo que queremos... e fingimos que esta tudo bem...

Me permita disse...

DAnni!

Um prazer recebê-la em meu blog e um prazer vir aqui! Gostei muito do teu espaço! Espero mais visitas suas... É isso, o amor é um sentimento que não se contenta com a distância, ele é um vulcão sempre prestes a explodir...

Bjs!!!

Daniel Savio disse...

Pessoa, então grite, mas não fique apenas no grito, faça que este grito seja realente ouvido...

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.