Dizem que finjo ou minto tudo que escrevo. Não. Eu simplesmente sinto com a imaginação. Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo, o que me falha ou finda, é como que um terraço sobre outra coisa ainda. Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio do que não está ao pé, livre do meu enleio, sério do que não é. Sentir, sinta quem lê! [Fernando Pessoa, in "Cancioneiro]

30.1.10

Descoberta do EU


Às vezes, devemos nos auto avaliar. Nesses momentos descobrimos que temos defeitos intermináveis. Também descobrimos, que a vida é difícil e nossa jornada complicada. Mas, aí , nesse exato momento, lembramos que temos sorte. Temos em nossos corações o mais importante da vida. Sabemos que em todos os momentos estamos acompanhadas de pessoas verdadeiras, que nos querem bem e realmente se importam com a nossa felicidade. E então, descobrimos que a vida é uma jornada ao conhecimento e devemos mergulhar de cabeça nesse caminho.
O conhecimento é tudo o que precisamos para fazer as pessoas felizes.
E nesses momentos de reflexão descobrimos que verdadeiros amigos são raros e que precisamos conservá-los com o fundo de nossas almas. E que nossas vidas são repletas, pois temos pessoas verdadeiras ao nosso lado, para juntas caminhar e compartilhar experiências.

E aí nesse exato momento a vida passa a ter sentido, pois concluímos que

nossa existência é primordial para as pessoas que nos amam.

^^

3 comentários:

Maria disse...

DANI...

POST MAGNIFICO ESTOU PLENAMENTO DE ACODO COM TUDO O QUE HOJE DESCREVE, E COMO A VIDA SERIA MAIS FÁCIL.....


TENHA UM BOM FIM DE SEMANA

:))

BEIJJJJJJJJJJJJJJJJJJJ

Luna Sanchez disse...

Verdade, é bom saber que fazemos a diferença, né, flor?

xoxo

ℓυηα

Daniel Savio disse...

E não diria apenas o conhecimento, mas uma amizeda verdadeira faz um bem...

Fique com Deus, menina xará Danni.
Um abraço.